quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Livros e aspas: Cinquenta tons de amor



Oi gente!

Tudo bem com vocês? Espero que sim.

Vamos falar de Cinquenta tons de cinza?




         Você leu ou assistiu Cinquenta tons de cinza? 

    Hoje estava lendo uma matéria em um site de noticias e o autor afirmava que houve uma significativa mudança de  comportamento  entre os casais depois do lançamento dessa trilogia. Fiquei surpresa de verdade com essa informação.
     Eu assisti cinquenta tons quase no lançamento, já tinha lido os livros e queria ver a versão de Christian Gray em carne e osso ( tá, eu acho que o ator escolhido é bem fraquinho, apesar de ser lindo!). Assim, quando o filme entrou em cartaz, arrastei meu marido pro cinema. :D
    E minhas impressões sobre a história de Cinquenta tons não mudou nadinha....
  Compro quase todos os meus livros no pré-lançamento e li cinquenta tons há muito tempo atrás quando quase ninguém falava dele por aqui... Lembro que quando li pensei:  se tirasse o sexo dessa história essa trilogia seria perfeita. 
Não que eu não goste de leituras quentes. EU ADORO! 
Mas é que no caso específico dessa trilogia a história, ao meu ver, vai bem além de um cara rico, gostoso, sedutor,  que tem gostos sexuais peculiares e que de forma repentina se apaixona por uma virgem. No caso destes livros, tanto sexo só tira o foco do problema central que a autora aborda: Traumas pesados de infância/adolescência.
Para mim cinquenta tons fala de como esses traumas deixam marcas profundas nas pessoas. Marcas que o tempo, o dinheiro e o sucesso não podem apagar. Marcas que só o amor, a generosidade do doar-se a alguém podem curar.
Gosto da trilogia, apesar de achar que a escritora poderia caprichar mais na escrita ( não me crucifiquem! É só minha modesta opinião!), mas gosto pelos motivos totalmente contrário ao da grande maioria que lotou os cinemas e que consumiu os livros com avidez. 
E talvez por isso não sinta nenhum constrangimento para falar da obra seja lá com quem  for.
Gosto dos cinquenta tons de amor que a história mostra. 
O sexo, as chicotadas e tudo mais, para mim, é só um pequeno detalhe.
E estou esperando ansiosa que os correios entregue logo meus livros que estão a caminho - porque entre eles está o livro Cinquenta tons pelo ponto de vista do Christian - hahahaha
Assim que ler, eu volto e conto o que achei, ok?

Como acho que esses livros tratam de algo bem complexo, não vejo como eles possam ser responsáveis pela mudança de comportamento entre casais....mas....quem sou eu para discordar do cara lá, né?rs


Beijão em todos, e obrigada pela visita.

Sheila Guedes

Nenhum comentário:

Postar um comentário